Stefanini Ventures registra alta de 35% nas ofertas de soluções digitais

Expectativa é encerrar o ano com um aumento de 10% no faturamento global, com R$ 3,3 bilhões, sendo que a participação das operações no exterior ultrapassam mais de 50%Por: Redação, ⌚ 11/12/2019 às 14h36 – Atualizado em 11/12/2019 às 14h36

Texto:

Num cenário cada vez mais ágil e em constante mudança, as empresas buscam abrir frentes de negócios com perspectiva de crescimento exponencial. Em fases de expansão acelerada, é necessário criar conexões mais eficientes entre as áreas para embasar decisões e desenhar iniciativas estratégicas. É dessa forma que a Stefanini vem atuando nos últimos quatro anos, com o desenvolvimento de um robusto ecossistema digital, a partir da aquisição de várias empresas que integram a Stefanini Ventures.

De 2015 para cá, a receita do Grupo Stefanini oriundo das ofertas digitais cresceu 35% este ano, sendo que a Stefanini Ventures tem uma grande representatividade neste resultado. “Nos últimos quatro anos, as ventures tiveram um crescimento equivalente a 9 vezes do faturamento inicial, sendo que a expectativa é atingir 20 vezes em seis anos, ou seja, até o final de 2021”, anuncia Guilherme Stefanini, diretor de Novos Negócios e responsável pela Stefanini Ventures.

A Stefanini vem liderando nos últimos anos um processo intenso de transformação digital, que começou dentro de casa e seguiu como um modelo eficiente para auxiliar os clientes em seus processos de mudança. Para isso, desenvolveu uma série de projetos, priorizando a experiência do cliente e a inovação.

Para garantir esses resultados, a Stefanini investiu em algumas soluções, que considera as grandes tendências para os próximos anos: Agile Development, Analytics, Banking in a Box, Cibersecurity, Indústria 4.0, Marketing Digital e Inteligência Artificial (Sophie as a Service).

A perspectiva de crescimento do uso de AI também é compartilhada pela Stefanini, que trabalha há sete anos no desenvolvimento de sua plataforma de inteligência cognitiva, batizada de Sophie, que agora ganha um novo formato: o modelo as a service. Serão oferecidos diversos pacotes, com o objetivo de atender de pequenas e médias empresas (PMEs) a clientes corporativos, incluindo uma versão gratuita.

Experiência híbrida de atendimento digital, a Sophie pode ampliar o nível de satisfação dos clientes em 22% se comparada a um call center tradicional, reduzindo em 50% o volume de chamadas dos consumidores para hotline, além de ampliar em 35% a produtividade dos colaboradores. A solução é flexível, atende a dezenas de tipos de conteúdo e pode aprender qualquer tipo de informação.

“Queremos democratizar a utilização dos chatbots no Brasil. Embora tenha sido feita para atender as maiores corporações do mundo, a plataforma agorapode ser utilizada por qualquer empresa, de qualquer tamanho. A Sophie as a service (SaaS) é implementada de forma simples, intuitiva e segura”, destaca Marco Stefanini, CEO global da Stefanini.

Solução 

Para 2020, uma das grandes apostas da Stefanini é a solução Banking in a Box, que vai oferecer uma plataforma de serviços financeiros, que contempla o processo de ponta a ponta – abertura de conta digital com segurança, atendimento e cobrança, construção de canais digitais, processamento de contas, cartões private label ou bandeirados e core bancário.

A solução, que pode ser utilizada por bancos de todos os tamanhos, por empresas com grande volume de pagamentos ou pelo varejo que está lançando produtos financeiros e pode se tornar um banco no futuro, é capaz de integrar tudo a partir da utilização de APIs, sistemas de acesso digital que permitem que softwares e serviços sejam interligados de maneira criativa, com o objetivo de agregar valor às marcas e oferecer uma experiência diferenciada ao cliente.

Além da solução de core banking, a Stefanini possui uma oferta completa de banco digital com grande aderência entre instituições pequenas e médias que desejam migrar para o mundo digital. Os projetos são desenhados de maneira personalizada para que a implementação aconteça em até quatro meses.

“O ecossistema de inovação da Stefanini, por meio de suas ventures, garante a oferta de uma solução de ponta a ponta para que empresas de todos os setores possam disponibilizar serviços financeiros, explorando uma oferta integrada, com boas perspectivas para os próximos anos”, explica Marcelo Ciasca, CEO da Stefanini Brasil.

Com a evolução do conceito criado de Banking in a Box, a Stefanini desenvolveu novas funcionalidades para o lançamento da solução como serviço. Assim, as marcas podem ter seus bancos digitais totalmente White-Label, com ofertas pré-configuradas, modulares, simples e seguras. A plataforma Bank in a Box será direcionada para as funcionalidades de pré e pós-pago, além de conta de pagamento.

Fonte: Decision Report

Fechar Menu
ut venenatis, accumsan Donec ipsum justo libero
× Como posso te ajudar?